INTRANET
Lembrar-me

O desenvolvimento e gerenciamento de campos em malha fechada (Closed-Loop Field Development and Management – CLFDM) foi concebido originalmente como uma combinação entre otimização baseada em modelos e assimilação de dados. O objetivo desta abordagem é utilizar novas informações durante a vida do reservatório, de forma a reduzir as incertezas, auxiliar tomadas de decisão e melhorar o desempenho da estratégia de produção.

No UNISIM, a metodologia de desenvolvimento e gerenciamento em malha fechada é dividida em 12 etapas e podem ser aplicadas em campos em qualquer estágio de desenvolvimento. As 12 etapas englobam:

- Caracterização do reservatório sob incertezas: coleta de dados e levantamento de incertezas para construção e calibração do modelo. Diversos modelos de simulação são gerados, representando as incertezas do reservatório. Nesta etapa, a fidelidade do modelo (tamanho da malha de simulação) é analisada de forma a equilibrar a qualidade dos resultados e o tempo computacional.

- Decisões de longo prazo baseada em modelos: otimização da estratégia de produção sob incertezas. Dessa forma, há a geração de dados dinâmicos, tais como: pressão, produções, dados sísmicos, etc.

- Assimilação de dados: de acordo com os dados assimilados, os melhores modelos são selecionados para serem usados na etapa de otimização da estratégia de produção. Os modelos podem ser alterados de acordo com os dados assimilados.



Fluxograma da metodologia de desenvolvimento e gerenciamento de reservatórios em malha fechada.
Fluxograma da metodologia de desenvolvimento e gerenciamento de reservatórios em malha fechada.