INTRANET
WEBMAIL
WEBMAIL DEP

Exemplo de ajuste de histórico e redução de incertezas
Exemplo de ajuste de histórico e redução de incertezas

A atividade de ajuste de histórico de produção é uma das que mais demandam tempo dos profissionais encarregados do gerenciamento de campos de petróleo e uma das mais importantes para aumentar a confiabilidade das previsões de produção e consequente eficiência na explotação de petróleo. Embora seja um tema bastante estudado, o avanço das áreas de caracterização de reservatórios e dos computadores tem proporcionado grandes evoluções no processo de calibração dos modelos de reservatórios. Por este motivo, o UNISIM dedica grande parte do seu esforço a este tema, tendo já apresentado diversos resultados na forma de dissertações de mestrado e teses de doutorado, publicações em revistas e congressos e diversos projetos financiados pela indústria do petróleo e agências de fomento.

Um aspecto importante a ser destacado é que as pesquisas desenvolvidas no UNISIM têm como principal objetivo o desenvolvimento de metodologias com potencial de aplicação em casos práticos. De uma forma geral, os principais aspectos norteadores das pesquisas são (1) o entendimento físico do problema sob o ponto de vista da Engenharia de Reservatórios, (2) a busca pela eficiência do processo por meio da redução do esforço computacional em termos de número de simulações e pela busca de melhores soluções, e (3) o estudo de casos reais ou com características próximas a casos reais. Um conceito muito importante envolvido na área de ajuste de histórico é a integração, pois se trata de uma atividade bastante multidisciplinar. Dessa forma, tem-se buscado por meio das pesquisas, maneiras de promover uma integração mais efetiva com as áreas de caracterização de reservatórios, sísmica 4D e análise de incertezas.

Os principais desafios ainda presentes estão relacionados com o aumento da eficiência do processo, tentando integrar métodos de otimização eficientes com decisões de profissionais experientes através do procedimento denominado de ajuste de histórico assistido. Embora esta integração já exista na teoria, a aplicação a casos reais ainda tem limitações devido às inúmeras incertezas presentes nos modelos e complexidade da função a ser ajustada. Outros desafios ainda estão presentes, tais como, a integração com o processo de análise e redução de incertezas e de caracterização de reservatórios, o ajuste de mapas proveniente de sísmica 4D, perfilagem de poços etc. Assim, o objetivo desta linha de pesquisa é o aprimoramento do processo de ajuste assistido e redução de incertezas, aumentando a eficiência do processo, e a integração com outras áreas importantes da engenharia de reservatórios.